sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Afinal as joaninhas também hibernam!

Foi numa oficina em Serralves que aprendi a usar a espuma de poliuretano como base para realizar tudo aquilo que a imaginação permitir. Foi aí que surgiu a ideia de realizar joaninhas bem gordinhas.
Vão ficar a matar no tecto da nossa sala.


8 comentários:

Dreamlu disse...

Olá! Não nos queres dizer como se faz ou se usa essa espuma? Fiquei curiosa...
Parabéns pelo vosso projecto! É muito interessante e está a ser muito bem conduzido!Beijokas

sara disse...

Olá! Obrigada pelo comentário, gostei muito.
Esta espuma está à venda em drogarias ou nas lojas de bricolage. É facil de usar, agitando o frasco e com ele invertido carregar na patilha, deves ter cuidado porque cresce 2 ou 3 vezes mais. Também é impossível sair das mãos ou da roupa, na pele ainda pior. Deves por a espuma sobre uma folha ou cartão para posterioremente trabalhares. Boa sorte
Sara

Dreamlu disse...

Obrigada Sara! Mais um material para experimentar!Bom fim de semana para ti...bjs

nflag disse...

Que ideia original! As joaninhas ficaram um máximo.

Parabéns pelo projecto da hibernação, transparece grande envolvência e dedicação ;)

Beijinho

Lojinha do Canteiro das Joaninhas disse...

Venho convida-la a fazer uma visitinha a minha "Lojinha" para ver o que as "Joaninhas" andaram a preparar !!
Não se vai arrepender de certeza ,todos os trabalhos são feitos com muito carinho e totalmente a mão, se algum artigo for do seu
interesse é só mandar-me um email ,mesmo os já não disponíveis se houver material em stock as "Joaninhas" terão todo o gosto em os confeccionar para si com muito carinho!!
Com todo o Carinho
Das" Joaninhas"

Luz disse...

Andei a passear pelo vosso blogue e gostei muito do que vi!
parabéns pelo vosso trabalho
Luz e meninos da Brandoa

luisamaria disse...

Olá!
É óptimo ver q a Sara tem sempre imensas ideias interessantes, contribuindo para q a minha "Bebela" cresça como pessoa, aumentando-lhe a curiosidade e o gosto por aprender.
Obrigada!
Continue o bom trabalho!
Beijinhos
Luísa

Anónimo disse...

Sara: As tuas crianças certamente pedem aos pais para ir para o infantário. Nem o espaço nem o tempo contam para elas porque cada dia que passam na tua companhia traduz-se numa explosão da sua criatividade.
Vão ter saudades do tempo que volatilizaram contigo.